Notícias

1 19/06/2024 08:15

O número de mortes de mulheres por direção sob efeito de álcool subiu 16,9% na Bahia, quando comparado os anos de 2021 e 2022. Os dados são do CISA (Centro de Informações sobre Saúde e Álcool), divulgados para lembrar que hoje a Lei Seca hoje completa 16 anos desde sua implementação no Brasil, consolidando no país a ideia do “se beber, não dirija”.

Os dados revelam que acidentes e mortes causados por motoristas sob efeito de álcool seguem como uma realidade.

Mesmo com o crescimento de óbitos entre as mulheres no estado, as ocorrências com homens ainda lideram com folga as estatísticas. As mortes de mulheres ao dirigir alcoolizadas subiram de 77 para 90 de 2021 para 2022, enquanto entre dos homens são de 726 para 745 - aumento de 2,6%.

A Bahia apresenta uma taxa de 5,6 mortes por acidente de trânsito atribuíveis ao álcool por 100 mil pessoas em 2022. O valor é superior à taxa nacional, que é de 5 mortes por 100 mil habitantes.

Outro dado que chama atenção no estado é que o número de óbitos por decorrência de direção alcoolizada cresceu 4% entre os anos de 2021 e 2022 (de 803 para 835).







Av. Rio Branco, nº 741- Centro - Canavieiras/BA. CEP - 45.860-000
Tel.: (73) 3284-3905 - A Rádio que você ouve, a rádio que você FAZ!
© 2010 - Rádio Costa Sul FM - Todos os direitos reservados.