Notícias

1 29/02/2024 14:22

Ovos de tartarugas foram roubados em pelo menos oito pontos de desova na cidade de Alcobaça, no extremo sul da Bahia, e ninhos estão sendo monitorados. A espécie Cabeçuda é mais encontrada na região, mas está ameaçada de extinção.

Segundo o Centro Tamar, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), as tartarugas têm tido dificuldades para chegar na fase adulta. Das cinco espécies encontradas no Brasil, todas estão ameaçadas de extinção. A desova de algumas dessas espécies acontece no extremo sul do estado. O período de reprodução das tartarugas marinhas vai de setembro a março. os ninhos tem em média 120 ovos.

Roubos de ovos são investigados

Os roubos dos ovos de tartarugas foram registrados pela Polícia Civil, que investiga o crime ambiental. "O simples fato de mexer nos ninhos já é considerado crime, ainda mais se houver a subtração e depois a venda desses animais", explicou o delegado substituto Kleber Gonçalves.

Uma reunião com representantes da Secretaria de Meio Ambiente de Alcobaça, Centro Tamar ICMBio e Polícia Militar foi realizada na quarta-feira (28) para discutir o assunto e traçar estratégias para combater o crime ambiental.

"Vamos fazer um plano conjunto, em acompanhamento com a fiscalização que já é feita pela Secretaria de Meio Ambiente, justamente para identificar, coibir e para tornar possível que elas tenham seus ciclos de vida preservado", disse a comandante da 88ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), major Marion Souza. Segundo informações do responsável pela base do Centro Tamar do ICMBio, o extremo sul baiano é a região com maior incidência de roubo de ovos de tartarugas.

 







Av. Rio Branco, nº 741- Centro - Canavieiras/BA. CEP - 45.860-000
Tel.: (73) 3284-3905 - A Rádio que você ouve, a rádio que você FAZ!
© 2010 - Rádio Costa Sul FM - Todos os direitos reservados.