Esportes

1 18/10/2023 08:20

Seleção não era derrotada em jogo de Eliminatórias desde outubro de 2015 e mantinha tabu de 22 anos sobre os uruguaios

Nesta terça-feira (17), no Estádio Centenário, em Montevidéu, a seleção brasileira viu uma invencibilidade mais de oito anos cair nas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo. Em compromisso pela 4ª rodada, a Canarinho foi superada por 2 a 0 pelo Uruguai, que também deu fim a um longo jejum contra o Brasil.

A Canarinho não perdia um jogo pelas eliminatórias sul-americanas desde o dia 8 de outubro de 2015, quando levou 2 a 0 do Chile, em Santiago, ainda sob o comando de Dunga.

Já em partidas contra a Celeste, o Brasil não era derrotado desde julho de 2001, pelas eliminatórias para o Mundial de 2002. Também em Montevidéu, o Uruguai venceu por 1 a 0, com gol anotado por Federico Magallanes.

Com o resultado, o Uruguai foi a 7 pontos e, neste momento, ocupa a vice-liderança na tabela de classificação. O Brasil, com mesma pontuação e uma campanha de duas vitórias, um empate e uma derrota, caiu para 3° por conta do saldo de gols (3), empatado com a Venezuela, que é quarta colocada.

Neymar deixa o gramado chorando

O camisa 10 da Canarinho virou preocupação no final do primeiro tempo. Neymar acabou se lesionando quando disputava uma bola no meio-campo. A situação gerou uma mobilização coletiva dos dois times por conta da reação imediata do brasileiro.

Astro do Al Hilal, Ney deixou partida de maca e chorando. Richarlison foi acionado para entrar na sua vaga.

Segundo Eric Faria, repórter da TV Globo, o brasileiro teve suspeita de torção grave no joelho esquerdo, com a mesma podendo ser ligamentar. Exames serão realizados para saber de uma maneira mais precisa sobre a gravidade do problema.

 

 

* ESPN







Av. Rio Branco, nº 741- Centro - Canavieiras/BA. CEP - 45.860-000
Tel.: (73) 3284-3905 - A Rádio que você ouve, a rádio que você FAZ!
© 2010 - Rádio Costa Sul FM - Todos os direitos reservados.